7 passos para empresas participar de licitações pela internet

Mulher com computador na mesa participando de pregão eletrônico

A partir do Decreto Federal 10.024/2019, a utilização do Pregão Eletrônico, pelos órgãos da Administração Pública Federal, tornou-se obrigatório, bem como para os demais entes federativos que receberem recursos da União, decorrentes de convênios e contratos de repasse.

As aquisições públicas há muito tempo ocorrem de forma presencial. Isso significa que o fornecedor deve se deslocar até o órgão licitante para participar. Porém, com as licitações acontecendo de forma eletrônica, ou seja, pela internet, isso muda completamente.

Dentre as inúmeras vantagens que já apresentei anteriormente em outro artigo, percebe-se, claramente, economia em todo o processo, seja por parte do Órgão Público licitante como para o Fornecedor.

Percebam o tamanho da oportunidade criada para empresas que, inclusive, sequer participam desse mercado!

Entenda tudo sobre licitações (clique aqui)

Veja o passo a passo no Pregão eletrônico

Passo 1:

Para as empresas que ainda não participam de licitações, será necessário capacitar funcionários ou contratar um profissional apto a auxiliar em todo o processo.

Aliás, até mesmo aquelas acostumadas a participar de certames presenciais deverão se adequar às licitações pela internet.

Passo 2:

Providencie um certificado digital para sua empresa, caso ainda não tenha, pois será necessário para realizar o cadastro nos portais de compras do governo.

Passo 3:

De posse do certificado digital, acesse o portal de compras e realize o cadastro da empresa para participar das licitações. Nessa fase, é imprescindível contar com ajuda de um profissional qualificado para realizar todo o processo.

Passo 4:

Mantenha a documentação da empresa em dia:

·        Habilitação Jurídica;

·        Regularidade Fiscal e Trabalhista;

·        Qualificação Técnica;

·        Qualificação Econômica Financeira.

Passo 5:

Agora, portanto, é o momento de buscar pelas oportunidades, monitorando as licitações publicadas diariamente e encontrando a que esteja de acordo com o produto ou serviço ofertado pela empresa.

Passo 6:

Procure alinhar bem os preços e prazos, com os fornecedores, para atender o órgão licitante dentro do prazo estabelecido.

Cuide da formação do preço de venda para evitar problemas. Leve em consideração todas as despesas envolvidas, como: custo do produto ou serviço, impostos, transporte e margem de lucro.

Feito isso, já terá o preço ideal para participar da licitação.

Passo 7:

Caso seja o vencedor do certame:

·        Aguarde a nota de empenho chegar;

·        Faça a entrega da mercadoria;

·        Aguarde o pagamento.

Todo esse procedimento colocado acima, com auxílio de profissionais qualificados, é o caminho para maximização dos resultados da empresa e maior competitividade no mercado.

Vantagens em participar de licitação na modalidade Pregão Eletrônico

Informações de 2019 somente em um portal de compras

  • Movimentou R$ 275.879.620.092,39 em materiais;
  • Já em serviços foram R$ 43.585.666.702,67;
  • Diminuição de custos para o licitante, pois não precisa se deslocar, uma vez que a participação é pela internet;
  • Como os lances são enviados pelo computador, permite propostas mais vantajosas e aumenta a competitividade;
  • É um processo transparente e seguro, pois ninguém conhece os participantes;
  • Estrutura mínima, bastando um computador e ter o conhecimento adequado, realizando o cadastro nos portais do governo.

Dessa forma, quem já possui uma empresa, comercializa seus produtos ou presta serviços somente para a iniciativa privada, pode também atender ao governo. Que sacada hein!

Por outro lado, é perfeitamente possível quem ainda não tem uma empresa, se interessar por esse mercado.

PRAZO PARA REGULARIZAÇÃO FISCAL E TRABALHISTA DE ME E EPP

Esse é mais um benefício para as referidas empresas. Nesse caso, a LC 123/06 diz que, havendo alguma pendência, será assegurado o prazo de 5 dias úteis para resolver.

Isso significa que, mesmo com problema nessas certidões, o licitante pode participar do certame e regularizar depois.

Ponto importante é que, mesmo com restrição, será necessário apresentar todos os documentos e, caso não o faça, será inabilitado.

E como se inicia a contagem do prazo para regularização?

No pregão eletrônico, a partir da divulgação do resultado da habilitação. Já nas demais modalidades, a partir da divulgação do resultado do julgamento das propostas.

Banner para falar com especialista em licitação na modalidade pregão eletrônico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *